Autor

Arquivo do blogue

O Argolão

O objectivo deste adereço é basicamente igual a de um cesto que se usa para recuperar um sargo, dourada, etc, mas tem uma diferença, um cesto quando desce pela seda abaixo e chega à água, é necessário que o peixe entre dentro e só ai puxamos a corda e recuperamos o peixe, com o argolão não, ao descer pela seda abaixo entra directamente na cabeça do safio na posição que desce e sendo um peixe de garro facilita a passagem entre .....

As minhas bóias

Já há algum tempo que andava a magicar como começar a construir bóias tipo peão para a pesca e enquanto não arranjei um bocadinho para me puder debruçar a sério sobre o assunto, não descansei!Como tal pus mãos à obra e começei por procurar em casas de materiais de bricolage o que era indispensável para elaborar as bóias e que o custo final não fosse demasiado dispendioso, em comparação com as bóias que se adquire em lojas de pesca.

Cesto(em processo)

Construção de um cesto para recuperação do pescado em certas situações......

Há dias......

....... que mais vale é ficar em casa e hoje, foi um deles!!
Ontem depois de consultar as previsões meteorológicas, fiz figas para que hoje o S.Pedro não se pronunciasse, mas ele não foi de modas, pois levou a noite toda a chover com intensidade e às 6h30m quando me levantei ainda durava. Mas já que me tinha levantado, despachei-me e peguei no material e rumei direito ao pesqueiro.

Aguentei dentro do carro até às 8h00, que foi quando começou a escampar um bocado, mas não foi por muito tempo, como tal vesti o oleado e fui tentar a sorte. Estava uma água espectacular, mas o peixe é que parecia não dar sinal, porque nem com engodo, nem com gamba, sardinha e ralo eles se acusaram e após uma hora mudei de local, pois como se não bastasse o vento começou a soprar com alguma intensidade.



Já no outro pesqueiro, estava um bocado mais abrigado do vento, mas de resto as condições foram idênticas e ao longo de hora e meia não senti nenhuma picada, estava visto que o chibo era garantido e já dizia para mim " vou mas é embora, que hoje não dá nada" e cinco minutos depois, levei uma porrada na bóia e começou o carreto a trabalhar, era um negrão daqueles da pedra com 520gr que resultou na única captura de hoje.



Melhores dias virão e eu lá estarei, se puder!!

Um abraço

Controverso defeso

Agora que começou o defeso no PNSACV e passado quase um ano após a publicação da Portaria n.º 143/2009. D.R. n.º 25, Série I de 2009-02-05, muito se comenta sobre a mesma. É sabido que quem as fez não ouviu os locais nem se baseou em dados que estatisticamente existem e estão totalmente acessíveis para qualquer pessoa consultar, simplesmente apresentaram sem fundamento nenhum argumentos para que a mesma fosse elaborada de qualquer forma, era esse o objectivo, ponto final.
E pergunto eu, quem é que conhece esta portaria e os pontos nela referidos?
Sim, é certo que para quem navega neste mundo virtual, facilmente sabe do que se trata, mas para aqueles que nem sabem o que é a Internet, decerto que não têm a mínima noção do que esta portaria permite ou proíbe, onde e quando!!! Os que sabem ouviram em lojas de pesca, de isco, de marisco, etc, mesmo assim pelo modo como está escrita, muitos têm dificuldade em interpretá-la!!
Á dias fui a uma loja de marisco comprar isco para a pesca e vieram-me dizer que esteve lá um cliente a teimar com o dono da mesma que "só era proibido pescar os sargos normais, aqueles que têm pinta amarela ou os da areia é que eram permitidos", é um bom exemplo do que as pessoas sabem sobre esta portaria.
Muitas vezes costumo imprimir páginas ou na totalidade sobre a mesma para entregar a pessoas conhecidas e amigos que não têm como aceder a essa informação.
Mas para que fique bem claro o defeso ao sargo aplica-se ao sargo comum (diplodus sargus) quer ele tenha pintas amarelas ou seja da areia (com tonalidades mais claras) e á safia (diplodus vulgaris), apenas estes e no período de 15 de Janeiro até 15 de Março.



Deixo aqui um aviso para aqueles que tentem pescar na área do PNSACV:
a policia anda lá em cima do pessoal á força toda, porque muitos já ficaram sem o arsenal todo e segundo o que me disseram á pouco, mandaram vir reforços só para patrulhar os pescadores, por isso não arrisquem.


Um abraço