Autor

Arquivo do blogue

Matar saudades

Hoje e após um longo periodo de ramadão, a esta arte, lá decidi ir fazer uma  investida à bóia, juntamente com o meu tio.
O material estava um bocado acarrado das teias e pó acumulados este tempo todo e até estava com algum receio se ainda sabia pescar😀😀😀, mas afinal isto é como andar de bicicleta, nunca se esqueçe!
No final de contas, tinha mesmo muitas saudades desta arte, e ainda trouxemos peixe bom.


2 comentários

PêJotaFixe 14/04/15, 09:11

Ainda te lembravas como se empatava o anzol ou compraste daqueles que vêm empatados? LOOOL
Imagino a carrada de pó e teias...nem devias conseguir manivelar o carrete! eheheh
Ainda conseguiram arrabanhar uma teca jeitosa, parabéns a ambos! ; )

Haja saúde! ; ))

Américo Neves 14/04/15, 09:42

Isto é como andar de bicla, nunca se desaprende!