Autor

Arquivo do blogue

O Argolão

O objectivo deste adereço é basicamente igual a de um cesto que se usa para recuperar um sargo, dourada, etc, mas tem uma diferença, um cesto quando desce pela seda abaixo e chega à água, é necessário que o peixe entre dentro e só ai puxamos a corda e recuperamos o peixe, com o argolão não, ao descer pela seda abaixo entra directamente na cabeça do safio na posição que desce e sendo um peixe de garro facilita a passagem entre .....

As minhas bóias

Já há algum tempo que andava a magicar como começar a construir bóias tipo peão para a pesca e enquanto não arranjei um bocadinho para me puder debruçar a sério sobre o assunto, não descansei!Como tal pus mãos à obra e começei por procurar em casas de materiais de bricolage o que era indispensável para elaborar as bóias e que o custo final não fosse demasiado dispendioso, em comparação com as bóias que se adquire em lojas de pesca.

Cesto(em processo)

Construção de um cesto para recuperação do pescado em certas situações......

Pesqueiro novo

Hoje foi um dia em que não houve pressa para pescar, pois a maré dava tarde e como eu e o meu parceiro de pescarias (Roger) tinhamos o dia inteiro para pescar, a escolha do pesqueiro fez-se nas calmas.

Após observarmos alguns pesqueiros, reparámos que as condições eram idênticas em todo o lado e como tal decidimo-nos situar num que para mim era novidade, mas que para o meu amigo Roger era bem conhecido.




Tinha tudo para ser um dia daqueles.

Com água mexida, sem vento e a maré a começar a encher fomos montando a tenda e afim de algum tempo começámos a pesca.

Mesmo com engodo, o peixe não era muito mas lá se ia sentido alguma coisa, ainda apanhámos uns peixes, alguns até bem bons mas assim que o engodo acabou e o sol se escondeu, foi tiro e queda, peixe nem vê-lo.

Até fiquei com boa impressão do pesqueiro, porque o peixe que mais acusou na balança, tinha a medida ideal do tabuleiro do forno para acompanhar com batatinhas, hehehe...

Um abraço e até breve