Autor

Arquivo do blogue

O Argolão

O objectivo deste adereço é basicamente igual a de um cesto que se usa para recuperar um sargo, dourada, etc, mas tem uma diferença, um cesto quando desce pela seda abaixo e chega à água, é necessário que o peixe entre dentro e só ai puxamos a corda e recuperamos o peixe, com o argolão não, ao descer pela seda abaixo entra directamente na cabeça do safio na posição que desce e sendo um peixe de garro facilita a passagem entre .....

As minhas bóias

Já há algum tempo que andava a magicar como começar a construir bóias tipo peão para a pesca e enquanto não arranjei um bocadinho para me puder debruçar a sério sobre o assunto, não descansei!Como tal pus mãos à obra e começei por procurar em casas de materiais de bricolage o que era indispensável para elaborar as bóias e que o custo final não fosse demasiado dispendioso, em comparação com as bóias que se adquire em lojas de pesca.

Cesto(em processo)

Construção de um cesto para recuperação do pescado em certas situações......

DE LUTO




Acabadinhas de fazer......

....e que bela porcaria que ficaram!!



Ora ai estão as portarias que tanto se especulava e que todos os pescadores temiam, principalmente aqueles que costumam pescam na Costa Vicentina e no Sudoeste Alentejano.

Sinceramente mais uma vez temos uma prova de como este país é governado, estamos entregues á bicharada!!


A MINHA INDIGNAÇÃO É DE TAL ORDEM, QUE NEM SEI O QUE ME APETECE ESCREVER!!


Um dos pontos

È de lamentar, 99% dos pescadores deslocam-se exclusivamente para pescar aos sargos e sobretudo neste período!!!
Ainda por cima o uso de engôdo na pesca apeada é interdito!!!

Leiam bem estas duas portarias e digam-me sinceramente, se vale a pena estar a pagar uma licença de pesca!!


Portaria que define os condicionalismos específicos
ao exercício da pesca lúdica no Parque Natural do
Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina (PNSACV).

Portaria n.º 143/2009. D.R. n.º 25, Série I de 2009-02-05



Portaria que define as áreas e condicionalismos ao exercício da pesca lúdica, incluindo a apanha lúdica, em águas oceânicas da subárea da zona económica exclusiva do continente, águas interiores marítimas e águas interiores não marítimas sob jurisdição da autonomia marítima e revoga a Portaria n.º 868/2006, de 29 de Agosto
Portaria n.º 144/2009. D.R. n.º 25, Série I de 2009-02-05



O Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina localiza-se no litoral sudoeste de Portugal, entre a ribeira da Junqueira em São Torpes e a praia de Burgau, com uma extensão de 110 km


Fonte: wikipedia

NÃO NOS PODEMOS CALAR


TEMOS QUE AGIR O
QUANTO ANTES







Um abraço