Autor

Arquivo do blogue

Pescadores de Fim-de-Semana Ficaram Sem Canas

A Polícia Marítima apreendeu, sábado, seis canas de pesca e apetrechos a pescadores que se encontravam nos molhes norte e sul do porto da Póvoa de Varzim.

A apreensão só não foi maior porque alguns conseguiram escapar. Esta situação levou à revolta dos pescadores de costa que, aos fins-de-semana, escolhem estes locais para desfrutar do seu desporto preferido.

Mas se de manhã a acção policial surtiu efeito, de tarde eram às dezenas as canas de pesca lançadas ao mar, como que provando que esta acção esconde um problema maior: a falta de informação e sinalética de proibição.

Ao percorrermos o molhe sul, ficamos a conhecer David Almeida, da Póvoa de Varzim, também ele pescador nas horas vagas, que estava a recolher assinaturas dos restantes pescadores desportivos, para entregar na Capitania.

Fonte: A Voz Da Povoa

Cuidem-se moços que isto tá bonito!!!

3 comentários

António Matos 11/03/12, 23:03

é sempre a bater nos mesmos enfim, resta mesmo a revolta.
abraço

Anónimo

A polícia marítima só faz o que quer, e, a quem quer,é de uma tristeza profunda,o que se faz a simples pescadores desportivos, que até gastam dinheiro, quer nas canas, carretos, linhas, anzóis, bóias,etc... etc... sabe Deus com que sacrifício,e ás vezes não se pesca nada,mas muita atenção, são estes homens´, que dão vida ao comércio, às lojas,etc... e depois veem estes senhores que nada fazem,senão andarem a passear pelas praias,e,a visitarem os restaurantes e bares de praia, pescar não incomoda ninguém,não prejudica ninguém,mas enfim, estamos cada vaz mais no fundo!!!

Anónimo

É uma vergonha o pescador de cana é que paga tudo aqui na costa põem redes em cima dos esporoes e a polícia marítima fecha os olhos ,alguma coisa tem que mudar